Mudamos o mundo todos os dias. A qualquer hora. Sem censura. Amarga ou doce. Com ou sem o primeiro gomo de tangerina.

Tuesday, December 12, 2006

Profissionalismo ou excesso de zelo?

Quando a empregada decide coser um buraco numa camisola isso é... Profissionalismo, dedicação, atenção. Mas quando o dito buraco não é sinal de uma camisola esfarrapada, mas antes o espaço por onde passa o cinto do casaco de trespasse, isso é... Excesso de zelo. Passados 10 minutos a tentar vestir o casaco, andar à procura do dito buraco para passar a fita que fazer com que a camisola seja usável, dá vontade de lhe dizer alguma coisa. Mas acho que não vou dizer nada... Devo incentivar o profissionalismo, mesmo correndo o risco de sofrer pelo excesso de zelo...

(PS: um leitor atento reparou num erro clamoroso. Já está corrigido!)

5 Comments:

Anonymous Mente Despenteada said...

Conselho de amiga: age com subtileza e oferece-lhe um casaco de trespasse no Natal... :)

11:14 AM

 
Anonymous Anonymous said...

E por falar em profissionalismo: Cozer? Não seria coser? Bem, mas se calhar também é excesso de zelo.

4:17 PM

 
Blogger Coutinho Ribeiro said...

Deixa lá, amiguinha, de facto era pior que ele te tivesse cozido mesmo o casaco :-)

4:18 AM

 
Blogger Judite said...

Couto, sempre atento... Um beijo de saudades. Assim do meu tamanho. Tens tempinho para um copo antes do Natal?

4:44 PM

 
Blogger Coutinho Ribeiro said...

Está a ficar apertado. Diz quando vieres. beijitos

12:29 AM

 

Post a Comment

<< Home